A atual medicina veterinária


Para ser um médico veterinário não basta ter um amor profundo por animais. É necessária uma incrível dose de equilíbrio emocional, coragem, disciplina e muita determinação.
 

Apesar de ser uma profissão bastante antiga, a medicina veterinária como a conhecemos hoje, com cursos específicos sobre anatomia e cuidados aos animais, só surgiu em 1761, com a fundação da primeira Escola de Medicina Veterinária, pelo francês Claude Bougerlat.


Desde que foi fundada e reconhecida como profissão, a medicina veterinária passou por mudanças radicais. Antes, era bastante básica e visava unicamente a cura de algum mal ocasional, os médicos veterinários eram verdadeiros clínicos gerais, não existia nenhum tipo de especialização. Hoje, assim como a medicina dos humanos, a veterinária é ampla, dando a oportunidade ao veterinário para atuar nas mais diversas áreas, que, muitas vezes, nem estão relacionadas diretamente com os cuidados animais, como é o caso de profissionais que atuam na área de controle de doenças em populações de grandes animais silvestres.


Além das infinitas possibilidades de atuação, existem também as especializações, ou seja, se, há 20 anos, era raríssimo ouvir falar em dermatologia canina, hoje é extremamente comum existirem oftalmologistas veterinários, dermatologistas, dentistas e as mais diversas especializações, assim como na medicina humana convencional.


Pensando na formação e qualificação dos profissionais que desejam seguir esta profissão, a Capesvet desenvolveu diversos cursos de especialização. Confira e escolha aquele que mais combina com você:


Cursos Para Não Veterinários:
* Auxiliar Veterinário;
* Banho e Tosa.


Cursos Para Veterinários:
* Cirurgia de Tecidos Moles;
* Endocrinologia;
* Labratório e Patologia Clínica
* Medicina Felina
* Medicina Intensiva e Emergência;
* Nefrologia e Urologia
* Ultrassonografia Módulo Básico
* Ultrassonografia Módulo Avançado