Confira o que considerar antes de ter um animal de estimação


O homem é o único animal que compartilha o seu ambiente com outras espécies por puro prazer e isso não poderemos esquecer jamais. A convivência de duas espécies de animal no mesmo ambiente por prazer somente é vista na raça humana. Portanto, se a sua convivência com o seu animal doméstico não lhe dá prazer, você tem que repensar essa relação.
 
Nem todo mundo deve ter um animal em casa, pois realmente existem pessoas que não gostam de animais domésticos ou não estão preparados para isso. Além disso, você deverá escolher a espécie/raça que mais se adapta ao seu estilo de vida.
 
Antes de tomar essa decisão avalie:
 
Se todos os moradores da sua casa devem estar de acordo com a decisão
 
Se ninguém da casa tenha alergia a pelos e/ou penas, areias sanitárias para gatos ou comidas dos animais.
 
Que os cuidados com os animais implicam em gastos e visitas regulares ao médico veterinário.
 
Que é preciso espaço apropriado para manter o animal, levando em conta as suas necessidades e, consequentemente, o seu espaço disponível. Isso é que pode determinar a espécie e raça escolhida.
 
Que seu animal precisa de afeto, passeios e eventualmente banhos e tosas regulares.
 
Que você terá de arranjar alguém ou algum lugar para deixá-los quando viajar e não puder levá-los.
 
Que o tempo de vida médio de um cão ou gato é de 12 anos podendo chegar até 16 anos ou mais.
 
Que o animal não pode ser abandonado ou descartado porque ficou grande, velho ou doente.
 
Que o animal não é mero objeto de consumo, por isso não deve ser comprado para ser dado de presente ou para agradar um filho que ficou doente ou passou de ano.
 
Que essa decisão deve ser pensada e discutida com todas as pessoas envolvidas, e por ser uma relação de longo prazo, não deve ser impulsiva ou movida por modismos, principalmente pelas raças da “moda” sem levar em consideração as reais necessidades do animal e as suas limitações.
 
Caso queira comprar um animal de raça, pesquise antes as características da raça, consultando revistas, livros, especialistas, médicos veterinários, criadores e diferentes canis.
 
Pense sempre com muito carinho na adoção de animais abandonados, que realmente estão precisando de um lar e cuidados especiais.

Pensando dessa maneira, ter um animal de estimação em casa pode ser uma experiência extremamente agradável e é justamente este o nosso desejo. Boa sorte!

Fonte: 
http://petcare.com.br/