Origem da Acupuntura Animal


A acupuntura veterinária é, provavelmente, tão antiga quanto a história da acupuntura humana. Estima-se que ela vem sendo praticada há cerca de 4000 anos, tendo sua origem na mesma época em que surge a acupuntura humana, na China antiga. No Ocidente, ela vem sendo utilizada há décadas na clínica de pequenos animais. Os chineses praticavam a acupuntura regularmente em seus animais. Inicialmente em cavalos, muito importantes tanto para a agricultura quanto para a guerra. Posteriormente, passaram esses conhecimentos para prática em outros animais e finalmente, em cães, gatos e aves.

Este método terapêutico é baseado na substância fundamental chamada de Qi, que significa energia da vida. A acupuntura atua harmonizando a energia vital. Ao fazer isso, há um estímulo do sistema imunológico que auxiliará na homeostasia e na capacidade de auto-cura do organismo. A acupuntura faz com que o organismo libere endorfinas e outros hormônios, ao mesmo tempo há uma diminuição das inflamações sejam elas internas ou externas.  Os animais possuem canais de energia, que são chamados de meridianos, semelhantes aos encontrados em seres humanos. Esses canais de energia se conectam aos órgãos internos, músculos, articulações, sistema nervoso, e também estão conectados entre si, fazendo uma rede em todo o organismo.


Os pontos de acupuntura, encontrados sobre os canais de energia, são áreas da pele das quais podemos afetar e alterar o fluxo de Qi. Quando um animal está doente, existe um desequilíbrio ou interferência no fluxo de Qi. O acupunturista veterinário através da inserção de agulhas manipula o Qi do animal, estimulando específicos pontos de acupuntura, que melhorarão o fluxo energético e diminuirão o bloqueio, e, ou desequilíbrio.

A acupuntura veterinária é o recurso terapêutico mais conhecido da Medicina Tradicional Chinesa no Ocidente. O termo acupuntura vem do latim acus, que significa agulha, e pungare, que significa inserir, furar. Desse modo, a prática desta terapia consiste na inserção de tipos especiais de agulhas em locais precisos do corpo, visando à introdução, à mobilização, à circulação e ao desbloqueio da Energia, além da retirada das chamadas Energias Turvas (perversas), promovendo a harmonização, o fortalecimento dos órgãos, vísceras e do corpo, com o intuito de prevenir ou tratar doenças.

Fonte: 
http://www.acupunturaeozonioterapiaveterinaria.com/